A Chapecoense recomeçou. Quase dois meses depois do acidente aéreo responsável pela morte de 71 pessoas – inclui-se neste número boa parte do elenco profissional, comissão técnica e funcionários -, o clube do oeste catarinense desafiou com um time totalmente remodelado o Palmeiras, atual campeão brasileiro. Fora do campo, homenagens, dentro das quatro linhas, um empate por 2 a 2.

Confira a ficha técnica da partida.

CHAPECOENSE 2 x 2 PALMEIRAS

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Data: 21 de janeiro de 2017 (sábado)
Horário: 16h30 (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Auxiliares: Nadine Câmara Bastos (Fifa-SC) e Maira Americano Labes (SC)
Cartões Amarelos: Wellington Paulista (Chapecoense); Róger Guedes (Palmeiras)

GOLS:
CHAPECOENSE: Douglas Grolli, aos 14min do 1º tempo; e Amaral, aos 2min do 2º tempo
PALMEIRAS: Raphael Veiga, aos 11min do 1º tempo; e Vitinho, aos 33min do 2º tempo

CHAPECOENSE: Artur Moraes (Elias); João Pedro (Zeballos), Douglas Grolli (Nathan), Fabricio Bruno (Luiz Otávio) e Reinaldo (Diego Renan); Andrei Girotto (Luiz Antônio), Amaral (Moisés) e Nenén (Dodô) (Martinuccio); Rossi (Arthur), Niltinho (Osman) (Nadson) e Wellington Paulista (Túlio de Melo).
Técnico: Vagner Mancini.

PALMEIRAS: Fernando Prass (Jailson); Jean (Fabiano), Antônio Carlos (Mailton), Thiago Martins e Egídio; Felipe Melo (Thiago Santos); Róger Guedes (Keno), Tchê Tchê (Arouca), Raphael Veiga (Hyoran) e Dudu (Vitinho); Alecsandro (Erik)
Técnico: Eduardo Baptista.