A partida deste domingo contra o São Paulo teve importância redobrada para o zagueiro Edu Dracena. O zagueiro voltou a jogar oficialmente pelo Palmeiras depois de curar de uma lesão muscular que o tirou das últimas partida. Também pela boa apresentação do alviverde que após um revés na Libertadores voltou a jogar um futebol competitivo e de quebra vencer o clássico contra o São Paulo garantindo mais 3 pontos no Paulistão 2016.

13.03.2016: SÃO PAULO X PALMEIRAS - O jogador , da SE Palmeiras, prepara-se para o jogo contra a equipe do São Paulo FC, durante partida válida pela nona rodada, do Campeonato Paulista, Série A1, no Estádio do Pacaembu. (Foto: Cesar Greco / Fotoarena)

13.03.2016: SÃO PAULO X PALMEIRAS – O jogador , da SE Palmeiras, prepara-se para o jogo contra a equipe do São Paulo FC, durante partida válida pela nona rodada, do Campeonato Paulista, Série A1, no Estádio do Pacaembu. (Foto: Cesar Greco / Fotoarena)

A partida foi marcada pela forte marcação do Palmeiras e de aproveitamento dos ataques em alta velocidade. Com todo o empenho a vitória serviu para mostrar a torcida que o elenco vai buscar a classificação na Libertadores.

Confira a ficha técnica da partida.

SÃO PAULO 0 X 2 PALMEIRAS

Competição: Campeonato Paulista (9ª rodada)
Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Público pagante: 13.466
Renda: R$ 495.978,00
Data: 13/3/2016
Horário: 11h (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho e Carlos Augusto Nogueira Junior
Cartões amarelos: Hudson, Bruno, Maicon, Caramelo e João Schmidt (São Paulo); Edu Dracena, Mateus Sales, Dudu (Palmeiras)
Gols: Dudu, aos 29min, Robinho, aos 41min do segundo tempo (Palmeiras)

SÃO PAULO: Denis; Mateus Caramelo, Rodrigo Caio, Maicon e Carlinhos; Hudson, João Schmidt, Daniel (Paulo Henrique Ganso) e Michel Bastos; Rogério (Centurión) e Alan Kardec (Calleri).
Técnico: Edgardo Bauza.

PALMEIRAS: Fernando Prass; Lucas (João Pedro), Edu Dracena (Thiago Martins), Vitor Hugo e Zé Roberto; Matheus Sales, Arouca, Robinho e Allione; Dudu (Gabriel Jesus) e Alecsandro.
Técnico: Alberto Valentim