A distância que separa o Corinthians do seu sexto título brasileiro é de nove jogos, mas o elenco alvinegro ainda evita tratar a proximidade como indício do título. Mantendo o discurso padrão de que ‘não está nada ganho’, o zagueiro Edu Dracena cobra atenção total na retomada do campeonato.

“Temos que nos recuperar (fisicamente) porque esses jogos vão definir. Agora chegou a reta final, não pode errar. Conseguimos aproveitar bem esta pausa, e tomara que a gente possa colher os frutos já na quinta-feira”, espera o defensor, confirmado como titular da equipe que recebe o Goiás em Itaquera.

São dez dias de intervalo entre o empate em 2 a 2 com a Ponte Preta e o próximo compromisso do Timão. O tempo não surte tanto efeito no ajuste dos titulares porque Gil, Elias e Renato Augusto estão na Seleção Brasileira e desfalcam os treinos. Mas fisiologicamente a parada pode ser essencial, entende Dracena.