Jogando no tradicional estádio paraguaio pela Libertadores, Timão tem duas vitórias e um empate em três partidas

No primeiro jogo contra o Guaraní (PAR) pelas oitavas de final da Copa Bridgestone Libertadores 2015, o Corinthians voltará a jogar no Defensores del Chaco, em Assunção (PAR), após cinco anos da última visita alvinegra ao estádio. O retrospecto do Timão atuando no local pela competição continental é favorável, com duas vitórias e um empate.

Foram três partidas do Corinthians no Defensores del Chaco pela Libertadores. As duas primeiras foram contra o Olímpia (PAR): vitória por 2 a 1 em 1999 e empate por 2 a 2 em 2000. Dez anos depois, em 2010, o Timão voltou ao estádio para vencer o Cerro Porteño (PAR) por 1 a 0.

Somando partidas por todas as competições e amistosos, o número de jogos do Corinthians no tradicional estádio paraguaio sobe para seis. E o retrospecto fica bastante equilibrado: duas vitórias, dois empates e duas derrotas.

O Timão perdeu para a Seleção Paraguaia por 4 a 3 em um amistoso disputado por 1965, empatou por 2 a 2 em 1998 e perdeu por 3 a 2 em 2000 para o Olímpia (PAR), em ambos os jogos válidos pela extinta Copa Mercosul.

Além dos jogos no Defensores del Chaco, o Corinthians atuou outras duas vezes no Paraguai pela competição continental. Em 1999, no primeiro jogo do Timão em solo paraguaio na história do torneio, o Timão foi derrotado por 3 a 0 pelo Cerro Porteño (PAR), no estádio General Pablo Rojas, em Assunção (PAR).

Já na campanha do título de 2012, o Alvinegro passou pelo Paraguai para vencer o Nacional (PAR) por 3 a 1, no estádio 3 de Febrero, em Ciudad del Leste (PAR).

Guaraní (PAR) e Corinthians se enfrentam nesta quarta-feira (06), às 19h45, horário de Brasília, no primeiro jogo do confronto de oitavas de final da Copa Bridgestone Libertadores 2015.