O clássico entre Palmeiras e Santos deste domingo (04), às 17h, no Allianz Parque, colocará frente a frente duas equipes com grande histórico de embates na casa palmeirense. O time do litoral de São Paulo, aliás, é o adversário mais frequente do Verdão no estádio em todos os tempos. Ao todo, os rivais já se enfrentaram 77 vezes no Palestra Italia (incluindo o período Allianz Parque, a partir de 2014), sendo 40 vitórias palestrinas, 22 empates e 15 triunfos alvinegros.

Extremamente favorável ao Alviverde, o retrospecto de confrontos do clássico no Palestra Italia teve seu primeiro capítulo em 1921, quando o Maior Campeão do Brasil goleou o Santos por 6 a 1. Naquela oportunidade, a equipe da casa foi a campo com Primo; Bianco Gambini e Gasperini; Bertolini, Picagli e Ítalo; Forte, Zanella, Heitor, Imparato e Martinelli – os gols foram anotados por Imparato (3), Heitor, Forte e Bertolini.

O jogador Edu Dracena, da SE Palmeiras, durante treinamento, na Academia de Futebol.

O jogador Edu Dracena, da SE Palmeiras, durante treinamento, na Academia de Futebol.

A maior série invicta de jogos no clássico dentro do Palestra Italia aconteceu entre os anos de 1937 e 1955. Foram 18 anos sem perder para o Santos, totalizando 13 partidas, com nove vitórias e quatro empates.

Outra sequência de invencibilidade se refere ao tempo sem perder para o rival dentro de casa (independentemente do número de jogos disputados). Foram incríveis 23 anos sem sofrer revés para o Santos em um total de 11 duelos, entre 1970 e 1993, com cinco vitórias e seis empates.

A moderníssima casa palmeirense tem a configuração atual desde 2014, quando foi inaugurada após o antigo Estádio Palestra Italia passar por quatro anos de reforma. Desde então, Palmeiras e Santos se enfrentaram seis vezes na arena, com direito a decisão de título da Copa do Brasil 2015. O Palmeiras venceu três jogos (incluindo a final do torneio nacional), empatou duas vezes e sofreu uma única derrota – são cinco gols marcados contra três do Santos.

Retrospecto geral

Considerando todos os jogos da história entre Palmeiras e Santos, a vantagem também é palestrina. Foram 328 embates, com 137 vitórias do Verdão, 86 empates e 105 derrotas. O Alviverde marcou 551 gols e foi vazado em 467 oportunidades.

Fonte: Departamento de Comunicação Palmeiras