Uma noite que ficará na memória do torcedor presente no Allianz Parque. De um cenário desolador, de vaias e críticas, o palmeirense testemunhou uma reação impressionante. O Palmeiras buscou uma desvantagem de três gols em um segundo tempo digno de campeão nacional e se manteve firme na disputa por uma vaga à semifinal da Copa do Brasil ao empatar por 3 a 3 com o Cruzeiro. Em apenas 13min, o time saiu de um 0 a 3 para a igualdade.

O jogador Edu Dracena, da SE Palmeiras, disputa bola com o jogador Rafael Sórbis, do Cruzeiro EC, durante partida válida pelas quartas de final (ida), da Copa do Brasil, na Arena Allianz Parque.

O jogador Edu Dracena, da SE Palmeiras, disputa bola com o jogador Rafael Sórbis, do Cruzeiro EC, durante partida válida pelas quartas de final (ida), da Copa do Brasil, na Arena Allianz Parque.

Confira a ficha técnica da partida.

PALMEIRAS 3 X 3 CRUZEIRO

Local: Estádio Palestra Itália, em São Paulo (SP)
Data: 28 de junho de 2017, quarta-feira
Horário: 21h45 (Brasília)
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)
Assistentes: Alessandro A. Rocha de Matos (BA – FIFA) e e Elicarlos Franco de Oliveira (BA)
Público: 32.067 pagantes
Renda: R$ 1.996.242,72
Cartões amarelos: Thiago Santos, Fernando Prass e Willian (PAL); Rafael Sóbis, Ábila, Hudson (CRU)
Gols: PALMEIRAS: Dudu, aos 6 e aos 16 minutos do 2º Tempo, e Willian, aos 20 minutos do 2º Tempo CRUZEIRO: Thiago Neves, aos 6 minutos do 1º Tempo, Robinho, aos 19 minutos do 1º Tempo, Alisson, aos 30 minutos do 1º Tempo.

PALMEIRAS
Fernando Prass; Fabiano (Egídio), Yerry Mina, Edu Dracena e Zé Roberto; Thiago Santos e Tchê Tchê; Roger Guedes (Keno), Guerra (Borja) e Dudu; Willian
Técnico: Cuca.

CRUZEIRO
Fábio; Ezequiel, Léo, Caicedo e Diogo Barbosa; Ariel Cabral (Henrique) e Lucas Romero (Hudson); Robinho (Ábila), Thiago Neves e Alisson; Rafael Sóbis
Técnico: Mano Menezes.