Não foi como a torcida do Palmeiras sonhou. A partida de ida da semifinal do paulistão 2017 disputada em Campinas terminou com uma vitória do adversário por 3 a 0 o que obriga o Palmeiras a vencer no próximo sábado 22.abril pela mesma diferença de gols para levar a disputa para as penalidades máximas.

ador Edu Dracena, da SE Palmeiras, disputa bola com o jogador Marllon, da AA Ponte Preta, durante partida de ida, válida pela semi final, do Campeonato Paulista, Série A1, no Estádio Moisés Lucarelli.

O jogador Edu Dracena, da SE Palmeiras, disputa bola com o jogador Marllon, da AA Ponte Preta, durante partida de ida, válida pela semi final, do Campeonato Paulista, Série A1, no Estádio Moisés Lucarelli.

É bom lembrar que no campeonato paulista não há gol qualificado, aquele que tem peso maior quando feito na casa do adversário. Então o Palmeiras precisa fazer 3 gols de diferença para levar para as penalidades ou 4 gols para passar direto a final da competição. Missão difícil mas não impossível para o elenco alviverde.

Confira ficha técnica da partida.

PONTE PRETA 3 X 0 PALMEIRAS

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data: 16 de abril de 2017 (domingo)
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Assistentes: Tatiane Sacilotti Camargo e Daniel Paulo Ziolli (ambos de SP)
Público: 12.843 pagantes
Renda: R$ 376.645,00
Cartões amarelos: Jadson, Jeferson, Fernando Bob e Reynaldo (Ponte Preta); Thiago Santos, Borja e Mina (Palmeiras)
Gols: PONTE PRETA: William Pottker, aos 40s do 1º tempo; Lucca, aos 7min do 1º tempo; e Jeferson, aos 33min do 1º tempo.

PONTE PRETA
Aranha; Jeferson, Marllon, Yago e Reynaldo (Artur); Fernando Bob, Elton e Jadson (Wendel); Clayson (Lins), William Pottker e Lucca.
Técnico: Gilson Kleina.

PALMEIRAS
Fernando Prass; Jean, Mina, Edu Dracena e Zé Roberto; Felipe Melo; Willian (Róger Guedes), Alejandro Guerra (Michel Bastos), Tchê Tchê e Dudu; Miguel Borja (Alecsandro)
Técnico: Eduardo Baptista.