Nem os mais alucinados torcedores poderiam prever o que aconteceu nesta quarta-feira no Allianz Parque. O Palmeiras em festa com sua torcida recebeu o Peñarol do Uruguai para mais um duelo na Libertadores da América 2017.

O alviverde saiu atrás no placar. A pressão desde os primeiros minutos de partida não se converteu em gols e após uma cobrança de escanteio o adversário conseguiu abrir o placar. Sem se abater o Palmeiras seguiu pressionando mas esbarrou na forte marcação da equipe uruguaia que já jogava atrás antes de abrir o placar e com a vitória temporária a seu favor, tratou de fechar ainda mais as passagens.

Segundo tempo mágico

No segundo tempo, com mais pressão ainda o Palmeiras encurralou o adversário no seu campo e precisou de 5 minutos para promover uma virada épica deixando sua torcida louca de alegria nas arquibancadas. A pressão seguiu e o alviverde ainda viu uma penalidade ser desperdiçada a seu favor.

O jogador Edu Dracena, da SE Palmeiras, disputa bola com o jogador Petryk, do CA Peñarol, durante partida válida pela fase de grupos da Copa Libertadores, na Arena Allianz Parque.

O jogador Edu Dracena, da SE Palmeiras, disputa bola com o jogador Petryk, do CA Peñarol, durante partida válida pela fase de grupos da Copa Libertadores, na Arena Allianz Parque.

O Peñarol jogava apenas nos contra-ataques e acabou conseguindo a igualdade no placar levando o resultado para um empate em 2 a 2.

E foi ai que o Palmeiras mostrou o verdadeiro extinto da Libertadores. Alta pressão até os segundos finais da partida. Bola na área, bola na trave, goleiro salvando em cima da linha até que aos 52 minutos conseguiu desempatar a partida em 3 a 2 conquistando mais três pontos e assumindo a liderança isolada do seu grupo.

O próximo adversário do Palmeiras será exatamente o Peñarol, agora no Uruguai.

Confira a ficha técnica da partida.

PALMEIRAS 3 X 2 PEÑAROL

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Data: quarta-feira, 12 de abril de 2017
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Roddy Zambrano Olmedo (EQU)
Assistentes: Luis Vera e Juan Macías (EQU)
Público: 38.483 torcedores
Renda: R$ 2.582.842,67
Cartões amarelos: Yerry Mina e Felipe Melo (PALMEIRAS); Guzmán Pereira, Ramon Arias, Gastón Rodriguez, Cristian Rodríguez, Petrik e Affonso (PEÑAROL)
Cartão vermelho: Dudu

Gols
PALMEIRAS: Willian, com 1min do 2º tempo; Dudu, aos 5min do 2º tempo, e Fabiano, aos 54min do 2º tempo PEÑAROL: Ramón Arias, aos 31 do 1º tempo, e Gastón Rodriguez, aos 30 minutos do 2º tempo

PALMEIRAS
Fernando Prass; Fabiano, Yerry Mina, Edu Dracena e Zé Roberto; Felipe Melo (Thiago Santos); Willian, Alejandro Guerra (Keno), Tchê Tchê e Dudu; Miguel Borja (Michel Bastos.
Técnico: Eduardo Baptista.

PEÑAROL
Guruceaga; Petrik, Quintana, Ramón Arias e Lucas Hernández; Nández, Novick (Gastón Rodríguez), Guzmán Pereira e Cristian Rodríguez; Affonso (Perg) e Junior Arias (Ángel Rodríguez)
Técnico: Leonardo Ramos.